No cenário empresarial em que vivemos, a competitividade é fator propulsor. Isto é um desafio para o desenvolvimento e à retenção dos talentos profissionais. Ter no quadro de gestão de pessoas, executivos essencialmente capacitados, e que tenham a visão organizacional sistêmica, é condição fundamental para o crescimento das empresas.

As organizações modernas priorizar o desenvolvimento das pessoas e criam valor para estas gerando "liga" em produtividade, caso contrário reter para a ser o grande desafio, principalmente devido a gerações com mais acesso a tudo, onde cultivar antigos hábitos conflita com o de crescer e "se sentir" parte de um projeto que crie valor ao individuo, e em consequência, à organização.

É importante enfocar que, o processo de Gestão de Pessoas prima por conciliar o conhecimento existente, de forma a otimizar o atendimento dos resultados e a valorização do capital humano, integrando novos talentos e os conhecimentos para maximizar resultados.
coachingO gestor deve conhecer as potencialidades de sua equipe e seus talentos, de modo que, por meio do conhecimento de suas competências e exemplo, possa potencializa e melhor aproveitar as habilidades do grupo, fazendo com que todos os componentes se sintam parte do processo, que contribuem para o resultado. É preciso fazer parte, sentir-se membro contributivo para a organização, é neste momento que o papel decisório do gestor se torna elemento crucial dentro do contexto organizacional.

O gestor deve ter coerência em seu discurso e que este seja consoante com suas ações. Gerir pessoas é uma atividade altamente complexa, mas antes de tudo deve ser exercida com sabedoria, pois este papel concentra o “espelho organizacional” para a equipe e para a organização como um todo.

Ao decidir, o gestor deve ter coerência e conhecimento dos processos, ter visão integral das partes e do todo, pois se não houver esta consciência crítica, uma decisão impensada pode ter conseqüências desastrosas para a própria pessoa, para a equipe e para a empresa.

A sinergia e o espírito de equipe são fatores essenciais para a função, pois como o conhecimento é especializado, os profissionais devem aprender a atuar e se perceber enquanto grupo e perceber que cada membro do grupo contribui efetivamente para o processo e para o conhecimento.

Ao gestor cabe a “fusão deste conhecimento”. É nele que se concentra a responsabilidade de capitalizar as diferenças individuais e direcionar o grupo para o atingimento das metas comuns. É preciso ter a habilidade de enxergar cada ser como único e enxergar as potencialidades individuais como contribuição para o todo. Deve valorizar o indivíduo e suas contribuições para alcançar o conhecimento coletivo.

Gerir pessoas é ser conciliador de ideias, de atitudes e de comportamentos. É ter o entendimento de que é a equipe quem produz o resultado e, que para alcançar as metas, este precisa ser o elemento facilitador das ações individuais, ter a equipe comprometida com resultado, com o projeto, com a cultura da organização.

Administrar pessoas ou equipes é ter a visão das partes, a visão do todo, ter muito claro qual é o caminho, a diretriz, onde se quer chegar, e a partir daí, unir estes cenários, estes papéis, em busca de metas estratégicas, é ter o entendimento de que é preciso motivar as pessoas para a ação, para a consecução dos trabalhos e liderar o processo.

Cabe ao gestor, o alinhamento das macroestratégias organizacionais com as estratégias da área, com as expectativas pessoais, fomentando a importância do resultado proposto, a interação entre as equipes envolvidas. É fazer despertar no indivíduo, a razão de ser de suas necessidades, seja de reconhecimento, valorização pessoal e profissional, sua ascensão interna, sua definição de carreira internamente ou no mercado de trabalho.

Repensar a Gestão de Pessoas como profissionais é assunto de alta relevância, pois a visão desses profissionais deve ser ampla, deve propiciar o desenvolvimento da equipe, alinhando os processos organizacionais e promover a interação entre as partes. É preciso ter fôlego, visão de empreender talentos para o futuro, não importando onde este profissional irá trabalhar, importa sim seu crescimento e o entendimento de sua contribuição para com o conhecimento institucional.

E nesse contexto desenvolvemos o método Smart * Boss de Gestão de Pessoas, aplicado no contexto gerencial, equipe e coaching executivo, através de anos de experiência do time e amadurecimento gerencial:

O programa é dividido em 10 sessões e duas etapas distintas, a primeira chamada "SMART" é uma inspirada no coaching ontológico, buscando  uma metodologia derivada da Ontologia, um campo teórico criado em meados do século XVII, acompanhando e entendendo o  indivíduos em seu processo de aprendizado, para aumentar o poder de ação e expandir as interpretações que o coachee tem de si próprio. Para concluir esse objetivo, a metodologia expande os estudos a respeito dos três campos responsáveis pelas atitudes e comportamentos: emoções, linguagem e corpo, tornado-se uma ferramenta indispensável para que o coachee consiga realizar mudanças significativas em comportamentos e atitudes que podem estar dificultando seu sucesso profissional e/ou pessoal.

As etapas são inspiradas nos temas abaixo e dividas em dois momentos, sendo o primeiro voltado a autoconhecimento e o segundo voltado a transformação voltada a pró-atividade:
Auto-conhecimento:
 
centro1    - S  - Saber quem eu sou.
2    - M - Mudar, porque?
3    - A  - Auto-conhecimento e aceitação
4    - R - Relações Internas e seu meio social
5    - T - Teologia aplicado a perspectiva empresarial
Reflexão
6    - * - Reflexão e ponderamento das ideias
Transformação voltada a pró-atividade:
pro atividade7   - B - Buscando novos horizontes
8   - O - Objetivos para o futuro
9   - S - Simplicidade das ações futuras
10  - S - Soluções duradouras para um novo tempo
Como cada individuo é único e o programa é customizado a partir de uma análise comportamental e situacional de mudanças, pode sofrer alterações durante seu curso.

Abaixo alguns trabalhos realizados na área de coaching e gestão de pessoas:
holidaysiccobpartners